Professores e garis protestam contra atraso de salário e assédio moral em São José de Caiana

Manifestação ocorreu na manhã dessa segunda-feira. Com faixas e cartazes, eles percorreram as principais vias da cidade na manhã dessa segunda-feira, 7, e concentraram-se em frente à Prefeitura, onde gritaram toda sua insatisfação.

O protesto foi convocado pelo Sintserc (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José de Caiana). Segundo a presidente da entidade, Josefa Marleide Ferreira Viana, os trabalhadores têm recebido seus salários com atraso. “Para você ter uma ideia, o mês de maio foi pago agora, dia 3 de julho”, lamentou a presidente. Além de um calendário de pagamento, a categoria ainda reivindica melhores condições de trabalho e o retroativo do piso referente a janeiro, fevereiro e março, e o fim do assédio moral.

Segundo ainda a presidente, a mobilização, que foi decidida em Assembleia no último dia 2, contou com o apoio de pais de alunos, políticos da oposição e estudantes, que aproveitaram para denunciar a péssima qualidade da merenda escolar. Garis mostrando a falta de fardamento e equipamento de trabalho completaram o cenário da manifestação.

Josefa Marleide disse ainda que, se até a próxima sexta-feira, o prefeito José Walter (PMDB) não se posicionar sobre as reivindicações, “entraremos em greve a partir do dia 14 por tempo indeterminado”.


folhadovali.com.br 
Fechar [x]