Promessa do governador relacionada à delegacia de Itaporanga ainda não foi cumprida no Vale do Piancó

Durante a plenária do orçamento estadual deste ano, realizada em Itaporanga no começo de abril passado, uma loja maçônica da cidade pediu ao governador Ricardo Coutinho a construção de um xadrez na delegacia local e, de pronto, Coutinho prometeu realizar a obra.

O próprio governador, inclusive, chegou a dizer que se tratava de uma obra simples e que poderia ser feita em pouco tempo. Na ocasião, Coutinho dirigiu-se aos seus subordinados na segurança pública e pediu empenho na construção, mas a promessa já vai entrar para dois meses e o serviço nem foi iniciado ainda.


Sem cela na delegacia de Itaporanga, presos da comarca local, que abrange sete municípios, precisam ser levados para Piancó, mas, depois, têm que retornar à delegacia itaporanguense para o procedimento do flagrante.

Essa ida e volta causam transtorno e prejuízo ao trabalho policial. Além do gasto com combustível e o risco da viagem, policiais perdem tempo levando e trazendo presos. A delegacia de Itaporanga mudou de endereço no começo deste ano, e, desde então, os presos são levados para Piancó por falta de cela na nova sede.


folhadovali.com.br
Fechar [x]