Prefeita de Boa Ventura gastou com consultoria 4 vezes mais do que Conceição e Piancó juntas

Em apenas três meses, de janeiro a março deste ano, a Prefeitura de Boa Ventura, que é administrada por Leonice Lopes, empenhou 99 mil reais para o pagamento de serviços de consultoria, conforme dados do Tribunal de Contas do Estado. 

Do total empenhado, 27 mil reais já foram pagos, mas resta ainda uma expressiva quantia para ser quitada pelos cofres municipais.


Esse gasto de Boa Ventura parecece exagerado se for comparado ao de outras Prefeituras regionais, inclusive bem maiores do que a boaventurense. No mesmo período, Conceição empenhou e pagou apenas 4 mil reais com esse tipo de serviço. Já em Piancó o gasto foi maior: cerca de 18 mil reais.

Somando os gastos com consultoria das Prefeituras de Conceição e Piancó é possível verificar que a despesa de Boa Ventura foi quatro vezes maior do que a dos municípios conceiçãoense e piancoense juntos.

Todo esse gasto com Consultoria gera dúvidas e questionamentos, principalmente por não ser um serviço prioritário nem acarretar benefícios direitos para a população. O serviço está relacionado, geralmente, à orientação prestada por consultores jurídicos (advogados) ou contábeis aos integrantes da gestão municipal.


folhadovali.com.br
Fechar [x]