Tragédia em Diamante: Comerciante supostamente insatisfeito com fim do casamento mata a mulher a tiros e depois se suicida

Uma tragédia aconteceu na tarde desta segunda-feira (14) na cidade de Diamante, após o comerciante Adaílton Hermano de 55 anos, ter assassinado a própria esposa a tiros, e depois ter cometido suicídio, por supostamente não aceitar o fim do casamento.

De acordo com as informações colhidas pelo Portal DiamanteOnline, Adaílton estava separado de Francisca Campos Hermano de 51 anos, a alguns meses, e demonstrava insatisfação com o fim do relacionamento.

(Imagem forte)

O crime aconteceu na casa dos pais de Adaílton que fica na Rua Argemiro Abílio de Sousa, no centro da cidade.
 
Francisca Campos era irmã do ex-vereador e comerciante Antônio Campos. As informações ainda dão conta que o casal diamantense havia combinado de tratar sobre o fim do casamento no local do crime.

(Reprodução do Facebook - Francisca Campos)

A Polícia Militar isolou o local e aguarda a chegada dos peritos da Polícia Civil, para fazer a retirada dos corpos, que serão levados para o Instituto de Medicina Legal da cidade de Patos para a realização de exames.

Uma equipe do Samu local, foi acionada, mas não chegou a prestar socorro.

Adaílton chegou até a casa da dos seus pais em um Fiat Uno de cor prata, e logo efetuou vários disparos com um revólver Calibre 38, resultando na morte instantânea dos dois.


Adaílton residia em uma rua projetada, e Francisca morava na Rua Professor José Marques. O casal deixa quatro filhos e um trauma na vida de todos. As famílias dele e dela também estão muito abaladas.
A cidade de Diamante está abalada com o acontecimento, já que é conhecida pela vida pacata e tranquila, com menos de um homicídio registrado por ano.


Fonte: DiamanteOnline
Fechar [x]