NO VALE DO PIANCÓ: Pai de criança morta em acidente paga fiança e vai responder em liberdade

Sob custódia policial desde a noite dessa sexta-feira, 1º, quando se envolveu em um acidente de moto no qual morreu sua filha, uma criança de apenas 9 anos, Marivaldo Deodato Leite, de 39 anos, foi autuado em flagrante pelo delegado seccional de Itaporanga, Glêberson Fernandes, por volta do meio-dia deste sábado, 2, pelos crimes de embriaguez ao volante e homicídio culposo (não intencional), mas pagou fiança de um salário mínimo e vai responder aos dois processos sem liberdade.


Marivaldo foi solto, mas a dor de perder a própria filha é uma pena severa que deverá acompanhá-lo pelo resto da vida. “Ele estava bastante abalado e chorava muito”, comentou o delegado. Dr. Glêberson acredita na possibilidade do acusado receber o perdão judicial com relação ao crime de homicídio culposo, exatamente em face da perda da filha já representar uma grande punição para ele, que é entregador em uma loja de material de construção da cidade.

Ele, que reside com a família na Rua 13 de Maio, centro de Itaporanga, retornava de Boa Ventura em uma moto com a filha no bagageiro, quando, nas proximidades do conjunto Chagas Soares, perdeu o controle da moto, que saiu da pista e tombou violentamente depois de bater no meio-fio. Maria Vitória Ricarte Leite, uma de suas três filhas, teve morte imediata, enquanto o condutor da motocicleta sofreu ferimentos leves e foi conduzido pela Polícia Militar à delegacia depois de medicado no hospital.

Ao deixar a delegacia, depois de pagar a fiança, foi reencontrar sua mulher e as outras duas filhas, todas também muito abaladas. Ao lado da companheira, pode velar a filha e receber os pêsames de centenas de pessoas que passaram nas últimas horas pelo velório da criança, que deverá ser sepultada na manhã deste domingo, 3.


folhadovali.com.br
Fechar [x]